Gestões Anteriores

Primeira Diretoria (1980 a 1981)

Diretor Presidente – César Nunes Nascimento
Diretor Vice-Presidente – Paulo Sérgio de Miranda Tavares
1º Diretor Secretário – Gilda Gama Guimarães
2º Diretor Secretário – Mário Antônio Cabral Ribeiro
1º Diretor Tesoureiro – Gilberto Ribeiro Vieira
2° Diretor Tesoureiro – Isabel de Carvalho Britto Romeu
1º Diretor de Coordenação de Estudos – Gilda Maria Vasconcelos
2º Diretor de Coordenação de Estudos – Ester Maria De Souza
1º Diretor Social e Cultural – José Pio Versiane Cardoso
2º Diretor Social e Cultural – Nívea Elizabeth Schembri.

No período de 1981 a 1986 os trabalhos desenvolvidos pela entidade foram os de estudo e divulgação da homeopatia e cursos de formação de médicos homeopatas.

Foram presidentes neste período:

Segunda Diretoria
19/08/1981 a 17/09/1982 – Presidente: Dr. Paulo Sérgio de Miranda Tavares

Terceira Diretoria
17/09/1982 a 21/01/1985 – Presidente: Dra. Fátima Lúcia de Oliveira

Quarta Diretoria
21/01/1985 a –/12/1986 – Presidente: Dr. Antônio Carlos Gonçalves Cruz

Esteve inativa entre esta última data e 23/09/1987, quando um grupo de profissionais se reagrupou e se empenhou na reorganização da AMHEMG, já que a entidade carecia de suas instâncias institucionais constituídas, porque a diretoria anterior não organizara eleições sucessórias, para a sua continuidade, quando deixou de exercer suas funções, e, para retornar à legalidade, conforme seu estatuto, havia um caminho a percorrer.

Em Assembléia Geral realizada nessa data, foi discutida a situação geral da entidade, sua história e principalmente seu futuro. Foi eleito o Conselho Fiscal que coordenou o processo sucessório, elegendo diretoria provisória em 15/12/1987, que foi reconduzida a um novo mandato para o biênio 1988/1989, em Assembléia Geral realizada em 14/04/1988.

O Conselho Fiscal eleito foi composto pelos seguintes membros:
Dr. Aloísio Antônio Andrade de Freitas
Dr. Eduardo Almeida Cunha Filgueiras
Dr. Emanuel Antônio de Carvalho
Farmacêutica – Iracema de Castro Engler
Dr. Ismael Mares Filho
Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro
Dra. Nívea Elizabeth Schembri

A Assembléia Geral avaliou as seguintes questões: como se constituir uma associação atuante e dinâmica; como cumprir com os fins maiores de ensino, pesquisa, aplicação e divulgação da Homeopatia no estado de Minas Gerais e como representar os homeopatas como órgão de classe destes profissionais do estado.

Assim a AMHEMG se reorganiza com o intuito de preservar a unidade do movimento homeopático e propiciar o seu crescimento, apoiando-se na disposição dos profissionais de se organizar como categoria e no empenho e dedicação que o grupo envolvido demonstrava na concretização destes ideais propostos.

A diretoria eleita provisoriamente e reconduzida para mais dois anos foi composta pelos seguintes associados:

Quinta Diretoria (1988 a 1989)

Presidente – Dra. Elizabeth Costa da Silva
Vice Presidente – Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro
1º Secretário – Dr. Eduardo Almeida Cunha Filgueiras
2º Secretário – Farmacêutica – Iracema de Castro Engler
1º Tesoureiro – Dr. Paulo Sérgio de Miranda Tavares
2º Tesoureiro – Dr. Francisco Celso Rocha Miranda
1º Coordenador de Estudos – Dr. Ismael Mares Filho
2º Coordenador de Estudos – Dra. Nívea Elizabeth Schembri
1º Diretor Social Cultural – Dr. Aloísio Antônio Andrade de Freitas
2º Diretor Social Cultural – Dr. Emanuel Antônio de Carvalho

A diretoria assumiu com a clara consciência da pequena participação dos profissionais nas atividades e encargos da entidade, e que sua principal tarefa, uma vez resgatada a instituição, já com oito anos de fundação, seria a “reestruturação administrativa da AMHEMG”, que estava carente de qualquer recurso, além de uma firme disposição de divulgação da Homeopatia, tanto no meio profissional quanto junto ao público em geral e entre as demais entidades de representação dos profissionais das diversas áreas de atuação da Homeopatia.

A reestruturação administrativa com falta de recursos, o empenho em criar meios de comunicação e interação entre os profissionais e integrar a entidade no âmbito da institucionalização da Homeopatia em nível federal, por meio da então também recém criada como nós, Associação Médica Homeopática Brasileira, consumiu os esforços neste primeiro ano de gestão em 1988. Em 26/10/1988, a Assembléia Geral aprovou o novo estatuto da agora então denominada Associação Médica Homeopática de Minas Gerais e elegeu os seus delegados que representaram nosso estado na reunião da AMHB que avaliou propostas de alterações no estatuto da mesma, no crescente movimento de institucionalização da Homeopatia como especialidade médica em nosso país.

Na esfera federal, o então vice-presidente da entidade, Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro, durante o XIX Congresso Brasileiro de Homeopatia em Gramado, RS, em 1988 foi eleito em uma das chapas que disputaram a diretoria da AMHB, como vice-presidente da AMHB para o Sudeste, inserindo a participação dos mineiros na instituição nacional.

O ano de 1989 foi de concretização dos esforços do início da gestão, tendo a “programação científica como objetivo prioritário”. Os novos Cursos de Medicina e Farmácia Homeopáticas, com novas grades programáticas, e oferecidos à comunidade de profissionais, nas áreas de Medicina e Farmácia, foram as atividades que marcaram as ações da AMHMG desde então, consolidando sua ação no campo de divulgação da Homeopatia e da formação de novos profissionais. Os cursos foram moldados com vistas a atender as exigências de qualificação como pós-graduação, surgindo ao longo do ano as demandas inerentes às atividades educativas, como a constituição de um corpo docente almejando criar uma uniformidade de apresentação e propiciar o acompanhamento de perto da evolução do aprendizado dos alunos.

Cresceu a demanda organizacional à medida que a AMHMG se consolidou como entidade associativa. Cresceu a demanda institucional à medida que se intensificou o movimento de organização da especialidade. Cresceu a demanda científica à medida que os cursos com grande número de alunos desenvolveram suas atividades.

Para efetivar todo esse processo, a AMHMG se instalou em nova sede administrativa no início do ano de 1989 – à Rua Tomé de Souza, 860 sala 704.

Em 31/11/1989, em Assembléia Geral Ordinária, foi eleita a diretoria para o próximo biênio de 1990/1991 e também o Conselho Deliberativo, com mandato de três anos. As discussões de fundo foram semelhantes: a pouca participação da categoria nas atividades associativas; a demanda de que a AMHMG “deveria representar a diversidade profissional”, necessitando da participação de mais pessoas para o incremento deste trabalho; a necessidade de um relacionamento mais intenso entre os profissionais Homeopatas e os das outras especialidades médicas; a adequação da atividade de ensino e formação aos parâmetros determinados em nível nacional.

Sexta Diretoria (1990 a 1991)

Presidente – Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro
Vice-Presidente – Dra. Nívea Elizabeth Schembri
Secretário – Dr. Eduardo Almeida Cunha Filgueiras
2º Secretário – Dr. Gustavo Azeredo Werneck
Tesoureiro – Dra. Rita de Cássia Gomes
2º Tesoureiro – Dr. Marcos Eugênio de Castro
Diretor Científico – Cultural – Dr. Emanuel Antônio de Carvalho
2º Diretor Científico – Cultural – Dr. Francisco Celso Rocha Miranda.

Para o Conselho Deliberativo (1990 a 1992) foram eleitos:

Dr. Aloísio Antônio Andrade de Freitas
Dr. Derly Mendes Gomide
Dr. Francisco Celso Rocha Miranda
Dr. Ismael Mares
Dr. Ivan Coelho Maciel
Dr. José de Schembri
Dr. Nadim Ferzem

Esta gestão consolidou o trabalho até ali realizado, instalando a AMHMG logo no início de seu mandato em nova sede à Avenida Francisco Deslandes, 94, em ampla casa que, além da parte administrativa, comportava também as atividades de aulas do curso, ampliadas no seu segundo ano com as atividades da prática ambulatorial, ministradas também nesta sede, em seu ambulatório docente-assistencial, que é a base do ensino da clínica homeopática. Principiou, nessa ocasião, a parceria com a Faculdade de Farmácia da UFMG, para que as aulas práticas do curso da área de farmácia homeopática fossem ministradas em seus laboratórios.

Já estruturada a entidade, o fundamental foi dar a ela eficiência cada vez maior em correspondência à crescente demanda com que a Homeopatia foi solicitada pela população, devido ao momento histórico, à sua eficácia clínica e a sua longa tradição como recurso terapêutico por esta mesma população.

A atividade de formação acabou requerendo dos profissionais envolvidos o desenvolvimento de mais uma habilidade – a de professor -, revigorando o propósito de estudo continuado com que se plantou a AMHMG e também para melhor preparar os alunos do curso de medicina para a prova de “Título de Especialista em Homeopatia”, pelo convênio CFM – AMB – AMHB, a qual aconteceu pela primeira vez no ano de 1990.

Consciente da necessidade de um relacionamento mais intenso entre os profissionais Homeopatas e os das outras especialidades médicas, e em nível nacional, da mobilização em prol da criação dos Departamentos de Homeopatia das Entidades Federadas da AMB, esta gestão empenhada deste propósito, no dia 15 de outubro de 1990, consegue implantar o Departamento de Homeopatia no Conselho Científico da AMMG, constituindo-se a própria AMHMG como o Departamento de Homeopatia da Associação Médica de Minas Gerais.

Também de primordial importância nesta gestão foi a conquista, no início de novembro de 1990, durante o XX Congresso Brasileiro de Homeopatia em Vitória, pela AMHMG, de ser a realizadora do próximo, o XXI Congresso Brasileiro de Homeopatia, a ser realizado em Belo Horizonte em 1992 no Minas Centro. Durante este Congresso foi eleita nova Diretoria da AMHB, gestão 91-92 e o presidente da AMHMG, Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro foi novamente reconduzido como vice presidente pela região sudeste.

No ano de 1991, foram planejadas as reedições dos cursos de formação adequados aos critérios então formatados em nível nacional, e a AMHMG entrou na era da informática, com o intuito de reforçar a retaguarda administrativa da entidade.

A entidade desenvolveu, ainda, neste período, atividades como Departamento de Homeopatia da Associação Médica de Minas Gerais e, sobretudo, esteve presente nas discussões para consolidar o espaço da Homeopatia como especialidade médica, denunciando também o avanço das práticas populares, sem respaldo oficial.

Entre 1990 e 1991, a diretoria identificou a necessidade de reformar o estatuto geral da AMHMG, num debate que se estenderia ainda pelas próximas gestões. A preocupação com os aspectos institucionais se mesclava, entretanto, à efervescência dos temas científicos.

A Associação preparou sua primeira Jornada Homeopática e realizou o 2º Encontro Mineiro de Homeopatia, no período de 18 a 20 de outubro de 1991, na Faculdade de Ciências Médicas, quando esteve em debate a prática homeopática e se destacaram as mesas redondas com os temas: “dificuldades iniciais, progressão e aperfeiçoamento da prática homeopática”; “dificuldades e limitações no tratamento e condução dos casos agudos frente aos princípios doutrinários e filosóficos”; “dificuldades e limitações no tratamento e condução dos casos crônicos” e “formação do médico homeopata”. O Departamento de Psicanálise estruturou-se neste período. Era preciso tratar ainda da organização do 21º Congresso Brasileiro de Homeopatia, marcado para o ano seguinte, em Belo Horizonte.

Em 24/09/1991, a Assembléia Geral se reuniu extraordinariamente para eleger os representantes mineiros no Conselho de Delegados da AMHB – os médicos Eduardo Almeida Cunha Filgueiras e Euder Airon Moraes. A preocupação, registrada na ata da Assembléia, foi discutir a responsabilidade da AMHMG na evolução dos cursos em Minas, como entidade federada da AMHB e analisar a diminuição dos cursos de especialização em Homeopatia no país. A exigência de se ter incluído no currículo a prática ambulatorial, um corpo docente bem preparado didática e cientificamente e critérios para a seleção dos candidatos também foi destacada pelos associados.

Dois meses mais tarde, em 29/11/1991, a Assembléia Geral novamente se reuniu para eleger a Comissão Científica e a nova diretoria da entidade. Para esta comissão, foram eleitos os médicos Emanuel Antônio de Carvalho, João da Motta Jardim Júnior, José de Schembri e Maria Betânia Panhone.

Os anos 90 firmaram a representatividade da Associação Médica Homeopática de Minas Gerais junto aos profissionais e à sociedade. Ao longo da década, a instituição conquistou uma sede própria, ampliou seu papel na formação de novos homeopatas, organizou eventos científicos de destaque e se esforçou na implementação de novas estratégias e canais de comunicação.

Sétima Diretoria (1992 a 1993)

Presidente – Dra. Rita de Cássia Gomes
Vice-Presidente – Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro
Secretário – Dr. Eduardo Almeida Cunha Filgueiras
2º Secretário – Dr. Marcos Eugênio Motta de Castro
Tesoureiro – Dr. Ruy Barbosa
2º Tesoureiro – Dr. Alcir Mendes Cardoso Júnior
Diretor Científico – Dr. Francisco Celso Rocha Miranda
2º Diretor Científico – Dra. Nívea Elizabeth Schembri

Esse período foi marcado por duas grandes conquistas da AMHMG. A realização do 21º Congresso Brasileiro de Homeopatia, em 1992, em Belo Horizonte, no Minas Centro , no período de 22 a 26 de setembro. A entidade comemorou o sucesso do evento. As comissões científica e organizadora montaram uma programação variada, abordando diversos aspectos e linhas de compreensão da especialidade. O resultado atraiu a Belo Horizonte nada menos do que 1200 congressistas. E representou um reforço institucional para a Associação sem precedentes. Este Congresso teve como Comissão Organizadora:

Presidente: Dr. José de Schembri
Secretário Geral: Dr. Eduardo Almeida Cunha Filgueiras
Tesoureiro: Dr. Rui Barbosa
Diretor Científico: Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro

Segundo Dr. Matheus Marim, presidente da AMHB na época, o XXI Congresso Brasileiro de Homeopatia representou o esforço concentrado dos colegas da AMHMG, dispostos a oferecer o melhor do seu trabalho ao corporativismo e ao aperfeiçoamento da difícil arte hanemanniana. Apresentando como temas centrais do Congresso a evolução do conceito de enfermidade, a prática clínica e a experimentação patogenética homeopática, remeteram a Homeopatia nacional em direção ao seu verdadeiro desideratum. Diante das inúmeras, fáceis e sedutoras atitudes terapêuticas disseminadas pelo mercado, a posição da AMHMG, referendada pela Comissão Científica da AMHB, buscou colocar a Homeopatia no caminho da real pesquisa homeopática (patogenesias, pesquisa clínica e métodos de estudo da matéria médica).

Outro ponto importante durante o Congresso foi a primeira reunião realizada entre a Comissão Científica da AMHB e as entidades formadoras de todo o País. O objetivo foi traçar um currículo mínimo a ser adotado pelos cursos de especialização, assegurando a seriedade e o bom nível da formação dos novos homeopatas. Esta foi também a origem do Conselho de Entidades Formadoras, que atualmente, como órgão consultivo da Comissão Científica da AMHB, muito tem contribuído para o desenvolvimento e aperfeiçoamento do ensino da Homeopatia no país.

As notícias do congresso foram debatidas na Assembléia Geral Extraordinária, convocada em 02/09/1992. Na ocasião, os médicos Domingos Sávio Figueiredo Costa, Jeane D’Arc de Lima e Rubens Dias Campos foram eleitos para compor o Conselho Deliberativo da AMHMG. Os colegas Elizabeth Costa da Silva e Euder Airon Moraes também foram indicados como delegados efetivos junto à AMHB, e Eduardo Filgueiras e Marcos Eugênio Motta de Castro, como suplentes.

Justamente esse balanço positivo do evento, também em termos financeiros, permitiu à AMHMG dar o maior salto desde a sua fundação. A entidade conquistou sua própria sede – uma casa espaçosa no tradicional bairro Floresta, à Rua Leonídia Leite, 57. Três anos mais tarde, o imóvel seria tombado pelo Patrimônio Histórico Municipal, num esforço de preservação da memória arquitetônica e urbanística da região leste de Belo Horizonte.

A compra da casa foi fechada em 25/01/1993. E somente pôde ser efetuada com a contribuição pessoal de alguns sócios, que se cotizaram para completar o valor do imóvel. Os homeopatas José Schembri, Nívea Elizabeth Schembri, Rita de Cássia Gomes, Ruy Barbosa e Derly Gomide colaboraram para tornar esse projeto realidade. Foram ressarcidos.

O livro de atas da AMHMG registra a primeira reunião da diretoria na nova sede em 15/03/1993. Aquele seria, também, um ano de intensa atividade científica. Em abril, foi criada a Associação Médica Homeopática do Sul de Minas, com sede em Varginha – uma demonstração do crescimento da especialidade no estado.
A entidade também se envolveu na organização do 20º Congresso da Associação Médica de Minas Gerais, realizado em maio, coordenando um Curso de Introdução à Homeopatia. Em outubro, ocorreria o 3º Encontro Mineiro de Homeopatia no Colégio Imaco, na capital.

Com o final do ano – e daquela gestão – já próximo, a diretoria passa a debater a necessidade de renovação nos quadros dirigentes da AMHMG. Outra preocupação é fortalecer a Comissão Científica, para que se torne mais atuante na formação, na reciclagem e no aprimoramento dos profissionais, incentivando o estudo das ciências e da Homeopatia.

Em 30/09/1993, durante Assembléia Geral Extraordinária, novo Conselho Deliberativo foi eleito para um mandato de três anos. Faziam parte do grupo os médicos Euder Airon Moraes, José de Schembri, Mário Antônio Cabral Ribeiro, Nadim Ferzem e Ruy Barbosa, além do colega Domingos Sávio Figueiredo, indicado como suplente.

No início de novembro, outra Assembléia Geral escolhe os membros da Comissão Científica: Dr. Francisco Celso Rocha Miranda, Dr. Marcos Eugênio Motta de Castro e Dra. Nívea Elizabeth Schembri. Assumem com a tarefa de dar “nova dinâmica” aos cursos oferecidos pela AMHMG, com prioridade para a formação do corpo docente e a seleção dos candidatos à turma seguinte. A mesma Assembléia Geral também elegeu a diretoria para o biênio 1994/1995:

Oitava Diretoria (1994 a 1995)

Presidente – Dr. Eduardo Almeida Cunha Filgueiras
Vice-Presidente – Dr. Vinícius Machado Caniato
Secretário – Dr. José Fernando Rossi
2º Secretário – Dr. Paulo Cordeiro de Faria
Tesoureiro – Dr. Ruy Barbosa
2º Tesoureiro – Dra. Neider Teixeira
Diretor Científico – Dra. Maria Aparecida Zica da Cunha
2º Diretor Científico – Dra. Rita de Cássia Gomes

A indicação do homeopata Euder Airon Moraes como representante de Minas Gerais na chapa única que concorreu à direção da AMHB, e na função de 1º Tesoureiro, eleita em agosto de 1994, representou maior espaço para a entidade no cenário nacional. Seu nome voltou a consolidar a participação do estado no movimento homeopático.

Naquele período, os médicos Ismael Mares Filho e Maria Leonor de Barros Ribeiro também representavam a Associação como delegados efetivos junto à AMHB, e Eduardo Filgueiras e José Fernando Rossi, como seus suplentes.

No campo científico, o biênio foi marcado por eventos destinados à atualização profissional, ao aperfeiçoamento do ensino e à informação da comunidade. Pela primeira vez, em 1995, a AMHMG promoveu uma Jornada Científica, abordando a “linguagem corporal”.

A entidade também organizou o 4º e o 5º Encontro Mineiro de Homeopatia, incluindo temas práticos e polêmicos na sua programação. Além disso, buscou-se a integração com outras entidades formadoras no estado e maior proximidade com as regionais de Juiz de Fora, Montes Claros e Varginha.

Para dar suporte a tantas atividades, a sede sofreu reformas e o setor administrativo ganhou agilidade com o incremento da informatização. O controle do acervo da biblioteca também foi beneficiado.
Mas, constituiu-se como o maior desafio dessa gestão, as alterações no estatuto geral da AMHMG. O assunto já vinha ocupando as reuniões da diretoria desde o final de 1992, e o principal debate girava em torno da conveniência de se separar o papel formador do representativo que a entidade deveria desempenhar junto à categoria.

O projeto de um novo estatuto foi construído em reuniões ao longo de 1995. Nos registros desses encontros, vê-se que a reforma deveria adequar o perfil da instituição à sua realidade operacional e às diretrizes recebidas da AMHB. As discussões também destacavam temas como a defesa profissional, a necessidade de os médicos homeopatas se organizarem em cooperativa, a ética e o crescimento do interesse da comunidade pela Homeopatia.

O resultado foi um projeto sintético e, ao mesmo tempo, aberto o suficiente para permitir o desenvolvimento da Associação nos papéis que lhe seriam atribuídos. O novo estatuto consagrava as funções da AMHMG como instituição formadora e representativa dos homeopatas, responsável pela defesa e a valorização dos profissionais.

Na visão da diretoria e do Conselho Deliberativo, que conduziram a modificação no estatuto, a institucionalização do ensino serviria como estratégia para expandir a Homeopatia. E, de modo especial, marcaria seu reconhecimento oficial como especialidade médica.
O novo estatuto foi aprovado pela Assembléia Geral, numa convocação extraordinária em 04/10/1995. Nessa reunião, também se elegeu o Conselho Fiscal, nova instância criada pelo novo estatuto, com algumas das funções do extinto Conselho Deliberativo, com a escolha dos médicos Domingos Sávio Figueiredo, Ismael Mares Filho, Ivan Coelho Maciel e José de Schembri.

Em dezembro, os associados elegiam a diretoria para os anos 1996/1997:

Nona Diretoria (1996 a 1997)

Presidente – Dr. José Edler Gonçalves
Secretário – Dra. Isabel de Oliveira Horta
Tesoureiro – Dr. Ruy Barbosa
Diretor Científico – Dra. Patrícia Maria Mourão Passos Coutinho
Diretor Social – Dr. Marco Antônio Teixeira Freitas

As mudanças no cenário socioeconômico brasileiro e no próprio exercício da Medicina tornaram a defesa profissional um dos desafios dessa nova gestão. Antes mesmo de assumir, os diretores foram confrontados com as exigências da categoria: aprimorar a prática da Homeopatia, valorizar a profissão diante das “forças do mercado” e estimular a pesquisa. Tarefas de grande responsabilidade, no momento em que se comemoravam os 200 anos de instituição da Homeopatia.

Desde a primeira reunião dos novos diretores, tornara-se clara a preocupação em estimular a participação dos associados no cotidiano da AMHMG. Um dos pontos que mais se discutia, nesse momento, era a necessidade de os homeopatas se organizarem em cooperativas de trabalho. E ainda reagir ao surgimento de cursos de Homeopatia para profissionais não médicos com o respaldo de universidade pública no interior do estado.
Desde 1992, a AMHMG endereçava consultas ao Conselho Regional de Medicina e à AMHB quanto à prática da chamada Homeopatia popular. Ou sobre a autonomia da Universidade para habilitar profissionais não médicos no exercício desta especialidade médica. Mas as respostas colhidas nem sempre foram coerentes. Pelos próximos anos, então, a partir de 1996, os comunicados a essas entidades assumiram o caráter de sucessivas denúncias de descumprimento à legislação.

Em 19/09/1996, a Assembléia Geral elegeu os médicos Eduardo Filgueiras e Ismael Mares Filho representantes de Minas no Conselho de Delegados da AMHB. A colega Patrícia Maria Mourão Passos Coutinho foi indicada suplente. Mas, com as mudanças nos quadros da diretoria e, sobretudo, com o falecimento do Dr. José de Schembri, deixando um vazio na comunidade científica mineira, foi necessária a indicação de novas lideranças.

Uma vez mais, na eleição de 1996, a AMHMG esteve representada na diretoria da AMHB, com o homeopata Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro, agora como 2º Secretário.
Em mais um esforço para disciplinar o ensino da Homeopatia no estado e no país, a AMHMG participou do Fórum de Entidades Formadoras, realizado em São Paulo, em abril de 1997. Os objetivos do encontro incluíam a elaboração de um regimento para o Conselho de Entidades Formadoras e propostas para a regulamentação dos cursos em todo o País.

A diretoria também procurou, ainda, a integração com o Instituto Mineiro de Homeopatia, realizando o primeiro encontro científico em parceria com esse centro formador.
Outro ponto destacado no planejamento estratégico para o biênio foi a aproximação com os demais campos da Homeopatia. Assim, os farmacêuticos homeopatas puderam, na sede da AMHMG, a partir de 1997, implementar um laboratório para a formação de profissionais, que deveria também, ao mesmo tempo, atender ao ambulatório docente assistencial da Associação. A diretoria também aprovou a criação de um novo ambulatório dedicado à Veterinária Homeopática.

Na Assembléia Geral Extraordinária, convocada em 15/05/1997, os médicos Eduardo Filgueiras e Rita de Cássia Gomes foram eleitos membros efetivos do Conselho Fiscal. A médica Isabel de Oliveira Horta foi indicada suplente. Já os colegas Júlia Beatriz Chiericatti e Gustavo Freire Radd assumiram a Secretaria e a Diretoria Social da entidade.

Além de jornadas docentes e de pesquisa, dois eventos ainda marcaram esse período – o VI Encontro Mineiro de Homeopatia, realizado em 24 e 25/08/1996, no município de Tiradentes, e o 1º Encontro Sudeste de Homeopatia, de 13 a 16/11/1997, em São Lourenço.

No mês seguinte, em Assembléia Geral Ordinária, seria eleita a diretoria para os anos 1998/1999:

Décima Diretoria (1998 a 1999)

Presidente – Dr. José Edler Gonçalves
Secretário – Dra. Elaine Auxiliadora Fagundes Melgaço
Tesoureiro – Dr. Gustavo Freire Radd
Diretor Científico – Dra. Valéria Maria Fonseca
Diretor Social – Dra. Maria do Carmo Barbosa de Oliveira Salgado

Também nessa gestão, a AMHMG consolidou importantes espaços de atuação. Na esfera federal, o presidente da entidade, Dr. José Edler Gonçalves, foi escolhido vice-presidente da AMHB para o Sudeste, em 1998, reforçando novamente a participação dos homeopatas mineiros no movimento associativo nacional. No ano seguinte, realizou-se o II Encontro Sudeste de Homeopatia – em Vitória, ES.

No estado, o Dr. Ivan Coelho Maciel foi escolhido como o representante da AMHMG em sua função de Departamento de Homeopatia junto ao Conselho Científico da Associação Médica de Minas Gerais e assumiu o cargo com a missão de divulgar a Homeopatia junto às demais especialidades.

A primeira reunião científica realizada pelo departamento nesta etapa ocorreu em 30/03/1998. O então presidente da AMMG, Dr. Geraldo Caldeira, coordenou a aula “Psicossomática e Homeopatia”, ao lado da diretora Científica da AMHMG, Valéria Maria Fonseca.

Muitos progressos também foram feitos no campo do ensino e aconteceu em Belo Horizonte reunião da Comissão Científica da AMHB e Conselho de Entidades Formadoras, em novembro de 1999. Ainda nesse ano, a Associação havia aprovado o início dos cursos de Odontologia e Veterinária homeopática. As aulas teóricas do curso de especialização em Homeopatia passaram a ser ministradas nas dependências da Faculdade de Medicina da UFMG.

A essa altura, a pediatra Maria do Carmo Barbosa de Oliveira Salgado já se tornara referência da especialidade no Hospital das Clínicas da UFMG. Era o efeito de uma resolução do Ministério da Educação, incentivando o ensino e a prática da Homeopatia nos cursos médicos regulares. No entanto, a diretora ainda enfrentaria resistência a seu trabalho, como chegou a relatar em reunião da AMHMG.

Outra frente em que se buscava o fortalecimento da ciência que teve Hahnemann como precursor era a da rede pública de saúde. Seguindo o projeto, “Homeopatia para Todos”, lançado pela AMHB, a entidade procurou as secretarias estadual e municipal de Saúde, na tentativa de integrar seu ambulatório de Clínica Médica e seu laboratório à rede de serviços do Sistema Único de Saúde.

Vale ressaltar, ainda, a efetivação dos mecanismos institucionais da AMHMG, criados para gerir e assegurar visibilidade aos atos da diretoria. Ao longo de toda a década, assembléias e conselhos tiveram sua autonomia preservada e respeitadas as suas determinações.

Numa convocação extraordinária da Assembléia Geral, em 13/05/1998, os médicos Derly Mendes Gomide, Emanuel Antônio de Carvalho, José Fernando Rossi, Nívea Elizabeth Schembri e Ruy Barbosa foram empossados no Conselho Fiscal. A médica Rita de Cássia Gomes foi indicada suplente.

Em agosto de 1998, os colegas José Edler Gonçalves e Mário Antônio Cabral Ribeiro foram eleitos delegados para a reunião da AMHB na cidade de Gramado, RS. A colega Maria do Carmo Barbosa de Oliveira Salgado e Ruy Barbosa eram seus suplentes. Na diretoria da AMHMG, Dr. Otávio de Freitas Rocha assumiu o cargo de Secretário.

Outra Assembléia Geral Extraordinária, em 07/12/1999, elegeu as lideranças da entidade para os anos 2000/2001. Integraram esta diretoria:

Décima Primeira Diretoria (2000 a 2001)

Presidente – Dr. Eduardo Almeida Cunha Filgueiras
Secretário – Dr. Gustavo Freire Radd
Tesoureiro – Dr. Ruy Barbosa
Diretor Científico – Dr. Ismael Mares Filho
Diretor Social – Dra. Cristina Gomes Gonçalves

Para o Conselho Deliberativo e Fiscal foram eleitos os seguintes sócios membros efetivos: Aloísio Antônio Andrade de Freitas, Emanuel Antônio de Carvalho, Fátima Lúcia de Oliveira, José Edler Gonçalves e Rita de Cássia Gomes. A médica Elaine Nunes Pimentel foi indicada suplente. A eleição foi realizada em 14.12.2000.

Com a tarefa de conduzir a AMHMG a um novo século, esta gestão iniciou-se exatamente por um balanço da atividade representativa, formadora e social, desempenhada perante a categoria. Em janeiro de 2000, numa reunião para planejar a atuação da entidade, os diretores ressaltaram a importância de se manter a coesão dos associados e o respeito ao estatuto que os une.

Uma das preocupações centrais desta diretoria foi definir um modelo de escola homeopática capaz de se estruturar e captar recursos de pesquisa. Essa meta partiu da constatação por eles de que os cursos de formação representavam uma fonte relevante de recursos para a entidade e agregavam seu corpo social e atendiam a uma demanda da classe.

Investir na didática, construir diretrizes pedagógicas para os cursos, recuperar a memória das atividades científicas da Homeopatia em Minas, investir na experimentação patogenética e investigar a realidade da prática profissional no estado foram objetivos perseguidos por esta diretoria.

A realização do 1º Seminário de Formação e Ensino em Homeopatia, a criação do Departamento de Odontologia, a extensão dos cursos de formação a Uberlândia e a implementação da educação à distância foram realizações desta diretoria.
Outro projeto significativo foi o lançamento da página da AMHMG na internet. Esta já se constituiu como um dos principais veículos para a divulgação da Homeopatia em Minas, o esclarecimento do público leigo, a integração da classe e o fortalecimento da entidade no cenário nacional.

Na prática, a internet representa a estratégia mais avançada como veículo de comunicação para a AMHMG. Foi a evolução de um esforço de divulgação e transparência que já orienta a produção do informativo desde o início dos anos 90. O setor esteve sob a responsabilidade de uma comissão liderada pela Diretoria Social desta gestão.

De acordo com uma pesquisa telefônica, realizada no ano 2000 para levantar o perfil e a necessidade dos associados, o investimento no site foi aprovado. As prioridades reveladas no levantamento incluíram justamente a educação continuada, a melhoria da comunicação e a integração social. Foram evidências de que a AMHMG trabalhou – e caminhou certo – para responder à expectativa dos homeopatas mineiros.

Ainda sob esta gestão, foram iniciadas novas turmas dos cursos de farmácia, medicina, odontologia e veterinária homeopática em 2001, assim como concluído o terceiro ano do curso de medicina homeopática no final deste mesmo ano.

Em Assembléia Geral realizada em novembro de 2001 foi eleita nova diretoria para o biênio 2002-2003:

Décima Segunda Diretoria (2002 a 2003)

Diretor Presidente – Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro
Diretora Secretária – Dra. Maria do Carmo Barbosa de Oliveira Salgado (Dra. Claudete Barbosa da Silva Penha)
Diretor Tesoureiro – Dr. Otávio de Freitas Rocha
Diretor Científico – Dr. Alcir Mendes Cardoso Júnior (Dra. Elaine Pimentel Nunes)
Diretora de Ensino – Dra. Valéria Maria Fonseca
Diretor Social – Dr. Núncio Antônio Araújo Sol

ATIVIDADES NA ÁREA CIENTÍFICA

Em 2002:

Reuniões científicas – AMHMG/Departamento de Homeopatia – AMMG
Repertório – Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho.
Cinquenta milesimal – Dr. Fábio Könisberger.
Casos agudos – Dr. Marcelo Pustiglione.
Casos crônicos – Dr. Carlos Lima Melo.
Matérias Médicas – Dra. Rebeca Chaperman.
“IX Encontro Mineiro de Homeopatia” – “Os Impasses da Prática Homeopática”, no Centro Dom Bosco em Cachoeira do Campo – Ouro Preto.

Em 2003:

Reuniões Científicas – AMHMG/Departamento de Homeopatia – AMMG
Alergia e imunodeficiência – Dr. Paulo Maldonado.
Pesquisa em Homeopatia – Dr. Marcus Zulian.
Homeopatia em Pediatria – Dr. Corrado Giovani Bruno.
O Repertório de sintomas homeopáticos – Dr. Ariovaldo Ribeiro Filho (dezembro).

“IV Encontro Sudeste de Homeopatia” – “A Prática Multidisciplinar em Homeopatia” em Arraial de Búzios – RJ – como uma das entidades promotoras do evento.

“X Encontro Mineiro de Homeopatia” – “A Eficácia da Homeopatia em Atendimentos de Urgência e Casos de CTI” em Caeté – MG (Hotel Fazenda Tauá).

“I Fórum de Entidades Homeopáticas em Minas”.

Lançamento do “Guia de Homeopatia em Minas”.

ATIVIDADES NA ÁREA DE ENSINO

Em 2002:

FAHO – Formação Avançada em Homeopatia – dois anos
Apoio aos docentes.
Atendimento ambulatorial (4 hs semanais).
Grupos de “Estudo de Matéria Médica”.
Grupos de “Estudo de Filosofia”.
Criação do Ambulatório de Atendimento a Pacientes Asmáticos.

Criação do Ambulatório de Atendimento a Pacientes Neurológicos.
Criação do Ambulatório de Atendimento à Saúde Mental.

“II Curso da AMHMG de Reciclagem e Preparatório para Prova de TEH” em parceria com o GEHSH.

Seminário – “A Ética e o Ensino nas Relações Interinstitucionais e Interprofissionais”.

Conclusão do II Ano – formatura da 2ª turma de Veterinários Homeopatas e mais uma turma de Farmacêuticos Homeopatas.

Em 2003:

Conclusão de Curso – formatura da 2ª turma de Cirurgiões Dentistas Homeopatas no início do ano.
Criação do “Conselho Geral de Ensino” e do “Manual Geral de Ensino da AMHMG”.
Início de novas turmas de “Curso de Formação em Medicina, Farmácia e Veterinária Homeopáticas” com 28 alunos.

“III Curso da AMHMG de Reciclagem e Preparatório para Prova de TEH” em parceria com o GEHSH, com 23 alunos. Neste ano, 20 inscritos para Prova de TEH em MG.
Curso de Docência em 5 módulos com 30 hs presenciais e 70 hs de estudos autônomos, com a participação de 19 homeopatas.

ATIVIDADES NA ÁREA POLÍTICO-INSTITUCIONAL

Em 2002:

“I Curso Informativo para Leigos”, na AMMG.
O congraçamento de Natal fechou o ano social de 2002.

Em 2003:

“II Curso Informativo para Leigos”, na ONCOMED.
Audiência Pública: expansão da Homeopatia no SUS (solicitada pelo Deputado Chico Simões – PT) Conseguimos:
Convencer a Comissão de Saúde Pública da ALMG, bem como a Secretaria de Estado da Saúde, sobre a importância e o dever da inclusão da especialidade médica homeopática no atendimento do SUS de modo efetivo e sistemático.
Encaminhamento de quatro requerimentos que já foram aprovados pela comissão:

Ao Ministro da Saúde para que seja disponibilizada uma farmácia homeopática nas cidades pólo do Estado – pelo Dep. Fahim Sawan – PSDB.

Ao Ministro da Saúde solicitando a inclusão de uma farmácia homeopática na FUNED – pelo Dep. Fahim Sawan – PSDB.

Ofício solicitando ao Prefeito de Betim a reabertura da Unidade Municipal de Terapias Alternativas – pelo Dep. Chico Simões – PT.

Ofício ao Ministro da Educação solicitando a inclusão de disciplina homeopática na grade curricular dos cursos de graduação em Medicina, Farmácia, Odontologia, Veterinária e Agronomia – pelo Dep. Chico Simões – PT.

Projeto de Lei para garantir a disponibilidade por parte do estado da especialidade médica homeopática em todas as unidades de saúde do SUS em Minas, disponibilizando profissionais através de concurso público, além de garantir materiais e equipamentos para isso – apresentado à Comissão de Saúde pelo Deputado Chico Simões -PT. O projeto vai ser ajustado em alguns aspectos junto com a secretaria de saúde de Minas Gerais e então submetido à aprovação pela Comissão de Saúde, para ser editado.

Nota: A AMHMG encaminhou ainda uma carta de intenções que será também avaliada pela Comissão de Saúde, na qual faz menção à necessidade de criação de uma instância estadual administrativa, com função normativa, no âmbito da Secretaria de Estado da Saúde, para coordenar um programa de implantação da Homeopatia em todo o Estado.

ATIVIDADES NA ÁREA REPRESENTATIVA

Participação ativa no Conselho de Entidades Formadoras (CEF), instância da AMHB que assessora a sua Comissão Científica. A AMHMG neste conselho foi representada pela Dra. Elaine Pimentel Nunes. Este Conselho esteve trabalhando sobre:
as competências do médico homeopata;
os critérios para a certificação dos alunos das entidades formadoras que compõem o CEF; a acreditação das entidades formadoras.

Participação ativa no Conselho de Delegados da AMHB. Este Conselho trabalhou na reforma do Estatuto da AMHB, para entre outros pontos adequá-lo às diretrizes do novo Código Civil Brasileiro. Foram delegados da AMHMG neste período a Dra. Elaine Pimentel Nunes (substituída em 2003 pela Dra. Claudete Barbosa da Silva Penha) e o Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro.

ATIVIDADES NA ÁREA DE COMUNICAÇÃO E MARKETING

Contratação da “Agência Goulart Grossi Comunicação”.
A reestruturação do Site – constantemente atualizado.
O Boletin Simillimum – virtual semanal, em sua 31ª edição em dezembro de 2003 e enviado para 650 homeopatas por e-mail.

O Informativo Homeopático – restruturado e com nova tiragem de três mil exemplares e enviado para: 800 homeopatas; AMHB, Federadas e outras instituições homeopáticas; 185 farmácias homeopáticas; 876 secretarias municipais de saúde em MG; 925 hospitais, faculdades, clínicas, laboratórios, editoras, etc..

ATIVIDADES NA ÁREA DE PATRIMÔNIO

Levantamento histórico e cadastral do imóvel situado à Rua Dona Leonídia Leite, 57, na Floresta em Belo Horizonte.

Projeto de ampliação desta sede. No projeto consta um salão extra no nível superior com capacidade para 100 pessoas e transformação do banheiro atual em dois. No andar térreo mais 4 salas (consultórios e secretaria).

ATIVIDADES NA ÁREA DE SECRETARIA E ARQUIVOS

Cadastro atualizado dos associados e de suas atividades institucionais, científicas e de ensino.
Cadastro dos homeopatas de MG – farmacêuticos, médicos, odontólogos e veterinários.
Cadastro das Secretarias Municipais de Saúde de MG.
Cadastro das Faculdades da área de Saúde de MG.
Portfólio com o material de divulgação de nossas atividades.

Décima terceira Diretoria (2004 a 2005)

Diretor Presidente – Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro
Diretora Secretária – Dra. Claudete Barbosa da Silva Penha
Diretora Tesoureira – Dra. Rosângela Rocha Menezes
Diretora Científica – Dra. Elaine Pimentel Nunes
Diretor de Ensino – Dr. Núncio Antônio Araújo Sol
Diretora Social – Dra. Walcymar Leonel Estrela

Principais ações e trabalhos desenvolvidos em 2004

ATIVIDADES NA ÁREA CIENTÍFICA

XI Encontro Mineiro de Homeopatia
Tema: Desvelando a Compensação
Sistema Homeopático baseado no método de Rajan Sankaran
Palestras proferidas pela indiana Dra. Nandita Shah

Nota no Jornal o Tempo e Jornal Opinião, matéria de 1ª pág do Caderno de Saúde do Jornal Estado de Minas, divulgação nos informativos da AMMG, Sindicato e Conselho de Medicina de MG. Edições especiais do Boletim Simillimum e Inf. Homeopático, 2.500 folders e papelaria.

Reuniões Científicas – AMHMG/Departamento de Homeopatia – AMMG

Dr. Juan Gomes – médico veterinário: 17 de abril 2004. Temas: Miasmas e Matéria Médica – Graphites e Lachesis
Dr. Antônio Carlos Rezende – 12 de junho de 2004. Tema: O tratamento das doenças agudas segundo o método do Dr. Prafull Vijayakar
Dr. Marcus Zulian – 14 de agosto de 2004. Tema: Pesquisa em Homeopatia
Dra. Margarida Haddad – 10 e 11 de dezembro. Temas: Matéria Médica, Afecções Urinárias e Afecções Respiratórias

ATIVIDADES NA ÁREA DE ENSINO

FAHO – Formação Avançada em Homeopatia – dois anos (continuidade)
Apoio aos docentes.
Atendimento ambulatorial (4 hs semanais).
Grupos de “Estudo de Matéria Médica”.
Grupos de “Estudo de Filosofia”.

Continuidade dos cursos de formação em medicina e veterinária homeopática – 3º ano.

Continuidade do curso de formação em medicina homeopática – 2º ano.

Nova turma de curso de formação em medicina homeopática – 1º ano – 2004

Mala direta distribuída para médicos de MG e interior, divulgação nos informativos da AMMG, Sindicato e Conselho de Medicina de MG e nota nos Jornais Estado de Minas, O Tempo e Pampulha sobre o Curso.

Foi então iniciada nova turma de Curso de Formação em Medicina Homeopática em 2004.

“III Curso da AMHMG de Reciclagem e Preparatório para Prova de TEH” em parceria com o GEHSH.

ATIVIDADES NA ÁREA POLÍTICO-INSTITUCIONAL

“III Curso Informativo para Leigos”, realizado no dia 07 de agosto de 2004, na ONCOMED – palestra gratuita destinada a adeptos e curiosos da Homeopatia. Palestrante: a Dra. Margarida Antunes Haddad, de Itajubá, autora do livro “Homeopatia para pacientes e curiosos em geral”.

O congraçamento de Natal fechou o ano social de 2004.

ATIVIDADES NA ÁREA REPRESENTATIVA

Continuidade no Conselho de Entidades Formadoras (CEF), instância da AMHB que assessora a sua Comissão Científica, no término do projeto sobre:
as competências do médico homeopata;
os critérios para a certificação dos alunos das entidades formadoras que compõem o CEF;
a acreditação das entidades formadoras.

Participação no Conselho Deliberativo da AMHB, durante as reuniões desta instância durante o XXVII CBH, quando foi discutido o novo estatuto da AMHB e propostas para o regimento interno deste mesmo Conselho.

ATIVIDADES NA ÁREA DE COMUNICAÇÃO E MARKETING

Contratação da agência “PersonalCom.”, substituindo a “Goulart Grossi Comunicação”.
Boletim Simillimum – 20 edições do informativo On Line quinzenal, enviado para o mailing da AMHMG: médicos, farmacêuticos, veterinários e dentistas Homeopatas; políticos, fornecedores, farmácias homeopáticas e laboratórios, Secretarias Municipais de Saúde, Associações Médicas Homeopáticas de todo o Brasil além de conselhos e sindicatos médicos.

A reestruturação do Site – constantemente atualizado.

O Boletin Simillimum – virtual semanal, em sua 31ª edição em dezembro de 2003 e enviado para 650 homeopatas por e-mail.
Informativo Homeopático – 3 edições do Informativo Homeopático impresso, com tiragem de 3 mil exemplares cada para: médicos, farmacêuticos, veterinários e dentistas Homeopatas de MG, médicos homeopatas de vários estados brasileiros, políticos, fornecedores, farmácias homeopáticas e laboratórios, hospitais, Secretarias Municipais de Saúde, Associações Médicas Homeopáticas de todo o Brasil além de conselhos e sindicatos médicos e escolas de medicina de MG.

Matérias Publicadas

A Homeopatia em Xeque, Jornal Opinião | maio 2004: Entrevista com Dr. Mário Cabral Ribeiro.
Ciência do Equilíbrio, Jornal Estado de Minas | maio 2004: Entrevistados: Dr. Mário Cabral Ribeiro e Dra. Claudete Barbosa.
Entrevista na Rádio Inconfidência, maio 2004, Dra. Elaine Pimentel.
Entrevista na Rádio Inconfidência, novembro 2004, Dr. Mário Cabral Ribeiro.
Homeopatia para todos pelo SUS, Jornal O Tempo | novembro 2004: Entrevista com Dra. Walcymar Leonel Estrela.
Reportagem TV Record, exibida em dezembro 2004: gravada na sede da AMHMG, teve como objetivo esclarecer dúvidas sobre o atendimento homeopático destinada aos pacientes. Entrevistados: Dra. Elaine Pimentel e pacientes que consultam no ambulatório.

Dia da Homeopatia – Anúncio institucional para lembrar o dia da Homeopatia.

Site – O site www.amhmg.org foi reformulado no início de 2004 e passa por atualizações semanais. Nele estão disponíveis as edições do Boletim Simillimum, Informativo Homeopático além da publicação de matérias sobre a Homeopatia que saem na mídia impressa brasileira e listagem de médicos homeopatas de MG com e sem o Título de especialista em Homeopatia(em processo constante de atualização), além de outros assuntos de interesse da classe e artigos para os leigos, agenda, etc.

2006 a 2008 – 14ª diretoria
Presidente: Dr. Núncio Antônio Araújo Sol

A 14ª diretoria da AMHMG comunica que a partir de julho de 2006 a Dra. Yra de Vargas assume o cargo de diretora tesoureira e a Dra. Claudete Barbosa da Silva Penha como diretora social. A atual diretoria agradece ao Dr. Ruy Barbosa seu trabalho no período que esteve na AMHMG como diretor tesoureiro.

14ª Diretoria da AMHMG – gestão 2006/2008

Diretor Presidente – Dr. Núncio Antônio Araújo Sol
Diretora Secretária – Dra. Fernanda Augusta Freitas Dias Becker
Diretora Científica – Dra. Fernanda Margarida Antunes Haddad
Diretora de Ensino – Dra. Patrícia Saporetti Joaquim
Diretor Tesoureiro – Dra. Yra de Vargas
Diretora Social – Dra. Claudete Barbosa da Silva Penha

15ª Diretoria da AMHMG – gestão 2008/2011

Diretor Presidente: Mário Antônio Cabral Ribeiro
Diretor Secretário: Samuel Curvelo de Assis
Diretor Científico: Jorge Fortes Santos de Bustamante
Diretora de Ensino: Claudete Barbosa da Silva Penha
Diretora Social: Rosângela Rocha Menezes
Diretora Financeira: Yra de Vargas

ATIVIDADES NA ÁREA CIENTÍFICA

XIV Encontro Mineiro de Homeopatia

Promoção:
Associação Médica Homeopática de Minas Gerais 19 e 20 de Agosto de 2011

Local:
Auditório do CRM de Minas Gerais Av. Afonso Pena, 1500 – 8º Andar. Funcionários – Belo Horizonte – MG

Valor para acreditação (CNA):
Especialidade: Homeopatia – 4,5 pontos
Especialidade: Medicina Preventiva e Social – 1,5 pontos

Investimento:
Sócios quites da AMHMG = R$ 150,00
Não sócios = R$ 220,00
Acadêmicos da área de saúde = R$ 100,00

Programação Científica

SEXTA-FEIRA – 19 DE AGOSTO
18:00 às 19:00 h
Inscrições, entrega de pastas e crachás.

19:00 às 19:30 h
Mesa de Abertura.

19:30 às 22:00 h
Dra. Germana Sabino Cunha (GO).

Homeopatia Previsível: Apresentação do Método desenvolvido pelo Dr. Prafull Vijayakar (Índia).

SÁBADO – 20 DE AGOSTO

08:00 às 10:00 h
Dr. Antônio Carlos Rezende (Médico Homeopata e Pediatra – Jundiaí/SP).

Como trabalho integrando as diferentes metodologias homeopáticas na Pediatria.

10:00 às 10:15
Intervalo

10:15 às 12:15 h
Mesa Redonda

O Público e o Privado: A Homeopatia no SUS e Critérios de Prescrição Homeopática.

(20 minutos) – Dr. Carlos Alberto Fiorot (Presidente da Associação Médica Homeopática Brasileira – AMHB)

AMHB e a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC).

O Ministério da Saúde, implantação e expansão da Homeopatia no SUS e formação do médico homeopata.

A Política Municipal de Práticas Integrativas e Complementares de Domingos Martins (ES). Caminhos da Institucionalização e implantação.

(10 minutos) – Carine Chist Klippel (Coordenação do PSF de Domingos Martins/ES)

Institucionalização das Diretrizes e estratégias.

(30 minutos) – Dra. Walcymar Leonel Estrela (Coordenadoria de Práticas Integrativas e Complementares da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais).

A Política Estadual de Práticas Integrativas e Complementares de Minas Gerais (PEPIC/MG) e a implantação e expansão da Homeopatia no SUS e a formação do médico homeopata.

(15 minutos) – Thaís Corrêa de Novaes (farmacêutica – Coordenadoria de Práticas Integrativas e Complementares da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais).

O acesso ao medicamento homeopático para os usuários do SUS e a Farmácia Homeopática no SUS na PEPIC/MG.

(15 minutos) – Renata Leite Maciel Linhares (farmacêutica e membro da Comissão Científica da Associação Brasileira de Farmacêuticos Homeopatas – ABFH).

Critérios de Prescrição Homeopática.

(30 minutos) – Debates e Propostas.

12:15 às 14:00 h
Intervalo – Almoço.

14:00 às 14:40 h
Dr. Eduardo Almeida Cunha Filgueiras (UNIMED – BH) e Dr. Alexandre Kaucher Darmstadter (UNIMED – BH).

Medicina Suplementar: Novas perspectivas para o atendimento homeopático nos convênios e planos de saúde.

14:40 às 15:00 h
Caso Clínico do Ambulatório da AMHMG.

15:00 às 15:20 h
Caso Clínico do ambulatório da AMHMG.

15:20 às 15:40 h
Informações da Diretoria da AMHMG (Espaço para moções e outras questões a serem discutidas pela diretoria com a plenária).

15:40 às 16:00 h
Intervalo

16:00 às 18:30 h
Dr. Aldo Farias Dias. Grupo de Estudos Homeopáticos Samuel Hahnemann.

A Integração dos Métodos Homeopáticos.

18:30 h
Encerramento.

Grupo de Estudos de Matéria Médica da AMHMG – às quintas-feiras de 18:00 às 21:30 horas.

Workshop mensal do Grupo de Estudos do GEHSH – BH – 3º final de semana.


XIII Encontro Mineiro de Homeopatia

Realizado no período de 04 a 06 de setembro de 2009 no Auditório do Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais, à Av. Afonso Pena, 1500 – 8º andar

Programação Científica do XIII EMH:

Sexta-feira – dia 04 de setembro
Abertura: 19:30 horas

20:00 às 20:30 horas – Homeopatia: Medicina Quântica? – Dr. Gilson Teixeira Freire – Médico Homeopata – BH / MG – Título de Especialista em Homeopatia.

20:30 às 21:00 horas – Política Estadual de Práticas Integrativas e Complementares em Minas Gerais – Dra. Walcymar Leonel Estrela – Médica Homeopata – Juiz de Fora / MG – Título de Especialista em Homeopatia – Coordenação de Terapêuticas não Convencionais da SES-MG.

21:00 horas – Coquetel

Sábado – dia 05 de setembro

08:00 às 09:00 horas – Transtornos de Déficit de Atenção / Hiperatividade – Dr. Antônio Carlos Rezende – Médico Pediatra Homeopata – Jundiaí / SP – Título de Especialista em Homeopatia – Mestrado em Homeopatia – FACIS – SP.

09:00 às 10:00 horas – Casos Agudos em Homeopatia – Dr. Antônio Carlos Rezende – Médico Pediatra Homeopata – Jundiaí / SP – Título de Especialista em Homeopatia – Mestrado em Homeopatia – FACIS – SP.

10:00 às 10:30 horas – Intervalo / lanche

10:30 às 10:50 horas – Caso Clínico do Ambulatório do Curso de Homeopatia da AMHMG – Dra. Tatiana Cordeiro Lana Teixeira – BH /MG (Preceptora – Dra. Claudete Barbosa da Silva Penha – Médica Pediatra Homeopata – BH /MG – Título de Especialista em Homeopatia).

10:50 às 11:10 horas – Caso Clínico do Ambulatório do Curso de Homeopatia da AMHMG – Dr. César Nobre – BH / MG (Preceptor – Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro – Médico Homeopata – BH / MG – Título de Especialista em Homeopatia).

11:10 às 11:30 horas – Caso Clínico do Ambulatório do Curso de Homeopatia da AMHMG – Dr. Tarcísio Simões de Siqueira – BH / MG (Preceptor – Dr. Jorge Fortes Santos Bustamante – Médico Homeopata – BH / MG – Título de Especialista em Homeopatia).

11:30 às 12:00 horas – Homeopatia em UTI – Dr. Euder Airon Morais – BH/ MG – Médico Homeopata Cooperado da UNIMED – BH – Título de Especialista em Homeopatia.

12:00 às 14:00 horas – Almoço

14:00 às 16:00 horas – Mesa Redonda – Homeopatia e Epidemias:

Coordenador: Dr. Jorge Fortes Santos Bustamante – Médico Homeopata – BH / MG – Título de Especialista em Homeopatia.

14:00 às 14:30 – Homeopatia e Dengue no SUS em Belo Horizonte – Dra. Cláudia Prass – Médica Homeopata – BH / MG – Título de Especialista em Homeopatia – Coordenadora do PRHOAMA – Programa de Homeopatia, Acupuntura e Medicina Antroposófica da Prefeitura de Belo Horizonte / MG;

14:30 às 15:00 – Sintomas Característicos e Totalidade Sintomática em Doenças Epidêmicas – Dr. Carlos Alberto Fiorot – Médico Homeopata – Vitória / ES – Título de Especialista em Homeopatia – Presidente da AMHB;

15:00 às 15:30 – A PNPIC e as Doenças Epidêmicas – Dra. Carmem De Simoni – Coordenadora da PNPIC – Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares – Ministério da Saúde;

15:30 às 16:00 horas – debate e propostas.

16:00 às 16:30 horas – Intervalo / lanche

16:30 às 17:10 – Monografia – AMHMG – A Homeopatia como Catalisadora de Transformações na Dinâmica Familiar – Como a Homeopatia pode ser usada para transformar as relações no contexto do PSF – Dr. João Márcio Berto – Médico de Família da PBH – BH / MG.

17:10 às 18:00 horas – Sintomas Homeopáticos na Clínica Pediátrica – Dr. Antônio Carlos Rezende – Médico Pediatra Homeopata – Jundiaí / SP – Título de Especialista em Homeopatia – Mestrado em Homeopatia – FACIS – SP.

Domingo – dia 06 de setembro

08:30 às 09:00 horas – Caso Clínico segundo Sistema Sankaran – Grupo de Estudos da AMHMG – Dra. Eliane Pinto Vieira – Médica Pediatra Homeopata – BH / MG – Título de Especialista em Homeopatia.

09:00 às 09:30 horas – Casos Agudos em Homeopatia – Dra. Patrícia Maria Mourão Passos – BH / MG – Médica Homeopata Cooperada da UNIMED – BH – Título de Especialista em Homeopatia.

09:30 às 10:00 horas – Intervalo / lanche

10:00 às 11:00 horas – A Pesquisa em Bases de Dados sobre Homeopatia – Acesso às Fontes Disponíveis na BVS – Rosângela Ap. Fidelis Brambilla, Bibliotecária, formada pela Faculdade de Biblioteconomia da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Cursos na Bireme – Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde, sobre Acesso às Fontes e Serviços de Informação da BVS e Pesquisa Bibliográfica.

11:00 às 11:20 horas – Apresentação do Site da AMHMG – Dr. Jorge Fortes Santos Bustamante – Médico Homeopata – BH / MG – Título de Especialista em Homeopatia – Diretor científico da AMHMG.

11:20 horas – Encerramento

ATIVIDADES NA ÁREA DE ENSINO

Iniciada nova turma 2011 – 2013 do Curso de Formação em Medicina Homeopática.

Iniciada nova turma 2009 – 2011 do Curso de Formação em Medicina Homeopática.

Continuidade do terceiro ano da turma 2007 – 2009 do Curso de Formação em Medicina Homeopática.

Os cursos de Formação em Medicina Homeopática da AMHMG são reconhecidos pela Associação Médica Homeopática Brasileira, estando os médicos neles formados aptos a prestarem prova de Título de Especialista em Homeopatia realizada pela AMHB / AMB / CFM. A carga horária destes cursos é de 1200 horas/aula, sendo 450 horas/aula teóricas, 450 horas/aula de prática ambulatorial e 300 horas/aula para desenvolvimento de monografia.

A AMHMG mantém um ambulatório de atendimento aberto ao público em geral com atendimento pré-agendado, às quintas e sextas-feiras e atendimento com preceptores especialistas em Homeopatia como parte integrante da prática ambulatorial de seus cursos.

Trabalho desenvolvido pela estagiária de pedagogia de observação do comportamento das crianças atendidas pelos médicos da AMHMG, para posterior descrição aos médicos que a acompanham no tratamento homeopático. O trabalho visa contribuir com a avaliação global que os médicos farão da criança, a partir de outra visão que não a dos pais. Através dos desenhos que remetem ao imaginário da criança, dos jogos e das brincadeiras que permitem uma melhor percepção da cognição, do intelecto, do raciocínio, das emoções e da capacidade de aceitação de regras. O trabalho é desenvolvido em espaço próprio da AMHMG e com os materiais necessários como: jogos (dominó, dama, jogo da velha, amarelinha); papel e lápis de colorir, giz de cera, revistas, tesoura, cola, massinha e tinta.

ATIVIDADES NA ÁREA POLÍTICO-INSTITUCIONAL

 

Palestras Informativas sobre a Homeopatia para o público leigo interessado – de junho a dezembro de 2009 às terceiras quintas-feiras de cada mês – proferidas pelo Presidente da AMHMG, Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro.

Em preparação:

Curso Informativo sobre Homeopatia para todos os profissionais e acadêmicos da área de saúde.

Curso informativo sobre Homeopatia para os profissionais de Equipe de Saúde da Família.

ATIVIDADES NA ÁREA DE COMUNICAÇÃO E MARKETING

Reativação dinâmica do site da AMHMG e atualização de seu cadastro.

Reativação do informativo virtual homeopático da AMHMG, o “Boletim Simillimum”.

Entrevista com o Presidente da AMHMG, Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro, falando sobre Homeopatia no “Bom Dia Minas”, em 22/04/2011, na Rede Globo.

http://www.youtube.com/watch?v=rOzsJF1b7Jg&feature=share

Entrevista com o Presidente da AMHMG Dr. Mário Antônio Cabral Ribeiro pelo jornalista Hugo Alessi, na Rede Minas de Televisão no programa “O Opinião” com o tema “Os Benefícios da Medicina Homeopática”, constando de dois blocos de 13 minutos cada, apresentado no dia 23 de abril, de 14:00 às 14:30 horas.

ATIVIDADES NA ÁREA REPRESENTATIVA

Participação no Conselho Deliberativo da AMHB.

Continuidade no Conselho de Entidades Formadoras (CEF), instância da AMHB que assessora a sua Comissão Científica.

16ª Diretoria da AMHMG – gestão 2012/2014

Diretora Presidente: Eliane Pinto Vieira
Diretor Secretário: Cesar Nobre Pereira
Diretor Científico: Jorge Fortes Santos de Bustamante
Diretora de Ensino: Patrícia Saporetti Joaquim
Diretor Social: Jaime de Senna Gonzaga
Diretor Financeiro: João Márcio Berto

17ª Diretoria da AMHMG – gestão 2015/2018

Diretor Presidente: João Márcio Berto
Diretor Secretário: César Nobre Pereira
Diretor Científico: Núncio Antônio Araújo Sol
Diretora de Ensino: Claudete Barbosa da Silva Penha
Diretor Social: Anna Carolina Rocha de Menezes
Diretor Financeiro: Rita de Cássia Gomes
Primeiro Suplente: Rosângela Rocha Menezes
Segundo Suplente: Walcymar Leonel Estrela